Abjetas 288
2021 | SE | 20 min

Direção: Júlia da Costa e Renata Mourão
Sinopse: Em um futuro distópico, Joana e Valenza fazem uma jornada à deriva por uma cidade nordestina. Através da música eletrônica e trilha ruidosa, as personagens performam o que sentem enquanto vivem nessa sociedade tentando entendê-la.

Classificação Indicativa: 14 anos


Ficha Técnica

Fotografia: Bruna Noveli
Roteiro: Júlia da Costa e Renata Mourão
Direção de arte: Carolina Timoteo
Produção: Neto Astério
Empresa produtora: Filmes de Lama e Floriô de Cinema
Elenco: Débora Arruda, Dandara Fernandes, Jeane Menezes, Ada Viana, Maria Tereza Xavier, Daniel Quintiliano


Sobre as diretoras:
Júlia da Costa Pereira, 27 anos, nascida em Curitiba (PR), atualmente reside em Aracaju (SE), realizando sua graduação na Universidade Federal de Sergipe. Co-dirigiu o curta-metragem “Era pra ser o nosso road movie” (2019). Em 2020, foi contemplada pelo edital da Lei Aldir Blanc com o projeto “A Barbie Careca” que está em pré-produção. Renata Mourão, 26 anos, nascida em São Paulo, e vivendo em Aracaju (SE) desde a infância, é graduanda em Cinema e Audiovisual na Universidade Federal de Sergipe. Co-dirigiu e co-roteirizou os curta-metragens “Ruínas” (2014) e “Mini Cosmos” (2015).